O spinner do seu filho pode causar intoxicação?

Você já viu ele rodando por aí? O fidget spinner ou hand spinner é um brinquedo giratório que virou febre entre crianças e adolescentes no último ano.

Porém, a segurança do produto foi questionada nos Estados Unidos após relatos (esse e esse) de que alguns dos spinners comercializados no país apresentaram níveis altos de chumbo. Quando severa, a intoxicação por chumbo causa danos graves e irreversíveis à saúde.

Mas será que os spinners estão mesmo contaminados com chumbo?

A Drops apurou.

Afirmação: Os spinners podem apresentar riscos para crianças por estarem contaminados com chumbo.

Checagem: Verdadeiro, mas…

 

Contexto:

O chumbo é um metal pesado que pode estar presente em pigmentos, tintas, soldas, baterias automotivas, brinquedos, joias, entre outros itens. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a intoxicação por chumbo acontece principalmente através da ingestão ou inalação da substância. Crianças pequenas são especialmente vulneráveis, já que é comum que engulam ou coloquem na boca objetos que podem conter chumbo

A controvérsia começou em junho de 2017 quando a ativista ambiental americana Tamara Rubin, realizou um teste com 11 spinners e encontrou níveis altos de chumbo em duas das marcas analisadas. Depois disso, uma organização não-governamental americana, o U.S. Public Interest Research Group, também relatou ter encontrado níveis altos de chumbo em alguns spinners disponíveis no mercado. Nos EUA, a loja de departamento Target retirou duas marcas de fidget spinners das prateleiras.

A preocupação com a segurança dos spinners também se refletiu na Europa. Na Irlanda,  200 mil spinners foram apreendidos na alfândega devido a suspeitas de que os produtos não estivessem de acordo com as normas de segurança europeias.

 

O que diz a ciência:

No Brasil, o Inmetro classifica o fidget spinner como brinquedo. Todos os brinquedos, incluindo o spinner, só podem ser vendidos se forem acreditados pela instituição. Para que o brinquedo ganhe o selo do Inmetro, um dos quesitos analisados é a contaminação com chumbo. Só são aprovados os brinquedos que estejam dentro dos limites máximos de segurança.

Nos EUA, muitos spinners são classificados como “produto de uso geral”. Isso faz com que esses produtos não necessitem da aprovação da Consumer Product Safety Commission, que impõe testes rígidos de segurança para produtos infantis. Isso pode explicar as irregularidades encontradas em algumas marcas de spinner disponíveis no país.

Checagem: No Brasil, os fidget spinners vendidos com o selo do Inmetro são avaliados quanto à contaminação por metais pesados e devem cumprir os padrões de segurança. Entretanto, o risco pode existir ao adquirir spinners clandestinos ou falsificados, que não tem sua segurança testada e garantida. Sendo assim, e verdadeiro dizer que os spinners podem oferecer risco a saúde e causar intoxicação, mas esta afirmação somente é válida para aqueles brinquedos não aprovados pelo Inmetro.

 

COMPARTILHEShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someone

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

A doença de Alzheimer afeta a memória e a capacidade cognitiva e é responsável por 50 a 80% dos casos de demência no mundo, segundo o ...

Há alguns meses Drops checou e confirmou que a carne de frango, ao contrário do que a maioria dos brasileiros pensa, não tem hormônio. ...

A febre amarela é uma doença viral transmitida pela picada de mosquitos infectados, principalmente o Haemogogus e o Aedes (o mosquito ...

Com o calor do verão, cresce a preocupação com a exposição aos raios solares. Seja na praia ou na piscina, somos sempre lembrados de ...

Fale com o especialista

Envie a sua dúvida.
Ela será respondida por
um de nossos profissionais.