As 3 frases mais famosas sobre alimentos orgânicos

DROPS está dedicando o mês de agosto para investigar tudo o que andam noticiando por aí sobre os agrotóxicos.

Mas para entender melhor o que se fala sobre agrotóxicos é também preciso entender o que fala sobre orgânicos. Afinal, quais as diferencas entre os dois tipos de alimentos e o que a ciência já sabe sobre eles?

A Drops checou.

 


Frase #1: “Alimentos orgânicos são mais nutritivos” 

QUEM DISSE? Organicsnet (projeto da Sociedade Nacional de Garicultura – SNA)

QUANDO DISSE?  Nao especificado

 

A ideia de que orgânicos possuem mais nutrientes e vitaminas do que os alimentos convencionais não foi comprovada por nenhuma pesquisa científica séria.

Em 2012, pesquisadoras da Universidade de Stanford fizeram o estudo mais abrangente sobre o tema e criaram uma grande polêmica ao afirmarem que não há diferença significativa entre os aspectos nutricionais de alimentos orgânicos e convencionais. A descoberta foi feita através da análise de 237 estudos científicos sobre alimentos orgânicos e convencionais. A mesma conclusão foi apontada em 2015 pelo Departamento de Nutrição da Universidade de Harvard e novamente em 2016 pelo Parlamento Europeu, através da divulgação de relatório encomendado a Scientific Foreseight Unit (STOA).

Vale dizer que em todos os estudos foram confirmadas diferenças nas composições nutricionais dos alimentos, mas nada que seja suficientemente acentuado a ponto de significar um maior benefício ou malefício para a saúde de quem está consumindo.

 


Frase #2: “Quem duvida da força dos orgânicos, livres de agrotóxicos…” 

QUEM DISSE? Isto É Dinheiro

QUANDO DISSE?  03/03/2017

Surpreso? Você não está sozinho! Esta é uma das principais justificativas dadas por quem se decide a consumir orgânicos.

Apesar da maioria das pessoas acreditarem que ao comprar vegetais e frutas de produção orgânica elimina-se qualquer contato com agrotóxicos, isto não é necessariamente verdade. A produção orgânica está autorizada a usar – e muitas vezes usa – agrotóxicos. A diferença é que os produtos usados no cultivo orgânico não podem ser sinteticamente produzidos, mas devem ser derivados de fontes naturais.

Estas regras estão descritas no Art. 98 da Instrução Normativa do Ministério da Agricultura e na Legislação Norte-Americana.

Segundo um estudo realizado por cientistas da Universidade da Califórnia,de todos os agrotóxicos que os seres humanos consomem através da comida, 99,99% são naturais: são produtos químicos produzidos por plantas para se defender contra fungos, insetos e outros predadores de animais.As quantidades de resíduos de praguicidas sintéticos em frutas, vegetais e hortaliças são insignificantes em comparação com a quantidade de praguicidas naturais produzidos pelas próprias plantas.

Ainda segundo o estudo, os produtos químicos naturais poderiam ser tão perigosos para a saúde como os sintéticos, sempre dependendo da dose a que somos expostos.

 


Frase #3: “Os orgânicos são muito mais seguros”

QUEM DISSE? Saúde (Abril)

QUANDO DISSE?  04/08/2017

Não há nada que comprove cientificamente que alimentos orgânicos são mais seguros para saúde do que os convencionais.  Os agrotóxicos autorizados para utilização nos cultivos orgânicos oferecem riscos à saúde, assim como aqueles usados na produção convencional. Um estudo da European Food Safety Authority (EFSA) sobre o ácido acético é um exemplo disso. Substancia usada como herbicida no cultivo orgânico de maçãs, peras, nesperas e outras frutas, o ácido acético é corrosivo para pele humana e pode causar grandes danos à visão.

Além dos praguicidas, outro fator que impacta a seguranca dos organicos é o maior risco de contaminação microbiológica. Com a utilização de adubo orgânico (esterco), aumenta-se a probabilidade de contaminação por bacterias presentes nas fezes, como mostra o estudo do Departmento de Food Science and Nutrition da Universidade de Minnesota.

 

 

 

 

 

 

REFERÊNCIAS:
[1] http://www.organicsnet.com.br/consumo-responsavel/10-motivos-para-consumir-organicos/
[1] https://academic.oup.com/ajcn/article/90/3/680/4597089
[1] https://www.health.harvard.edu/staying-healthy/should-you-go-organic
[1] http://www.europarl.europa.eu/RegData/etudes/STUD/2016/581922/EPRS_STU(2016)581922_EN.pdf
[1] https://www.istoedinheiro.com.br/tag/alimentos-livres-de-agrotoxicos/
[1] https://www.huffingtonpost.com/2011/07/22/consumers-prefer-organic-food_n_906988.html
[1] http://www.agricultura.gov.br/assuntos/insumos-agropecuarios/insumos-agricolas/agrotoxicos/legislacao/arquivos-de-legislacao/in-46-2011-regulamento-tecnico-para-sistemas-organicos-de-producao
[1] https://www.ecfr.gov/cgi-bin/text-idx?c=ecfr&SID=9874504b6f1025eb0e6b67cadf9d3b40&rgn=div6&view=text&node=7:3.1.1.9.32.7&idno=7%23sg7.3.205.g.sg0
[1] https://toxnet.nlm.nih.gov/cpdb/pdfs/Paracelsus.pdf
[1] https://saude.abril.com.br/bem-estar/descubra-as-diferencas-entre-os-alimentos-organicos-e-os-convencionais/
[1] https://www.efsa.europa.eu/en/efsajournal/pub/3060
[1] https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15151224

 

 

 

COMPARTILHEShare on Facebook251Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someone

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

A busca pela saúde e por um estilo de vida saudável é um comportamento bastante comum atualmente. Para atingir este objetivo, o uso de ...

“Coma orgânico. É melhor para a sua saúde. No mundo atual esta ideia é repetida constantemente. Sem praguicidas e sem modificações ...

Já checamos a eficácia do bicarbonato de sódio para retirar possíveis resíduos de agrotóxicos de frutas e verduras. Mas e o iodo, será ...

Até outro dia a opinião pública dizia que uma taça de vinho tinto por dia era um hábito saudável. Mas parece que desde a publicação ...

Fale com o especialista

Envie a sua dúvida.
Ela será respondida por
um de nossos profissionais.