Cápsulas de chá verde podem causar grave lesão ao fígado?

A busca pela saúde e por um estilo de vida saudável é um comportamento bastante comum atualmente. Para atingir este objetivo, o uso de suplementos alimentares tonou-se algo recorrente. Mas será que estes suplementos poderiam paralelamente comprometer a saúde dos consumidores?

Uma reportagem recente afirmou que um americano teve uma grave lesão no fígado decorrente do consumo de suplementos a base de chá verde.

Será que isto é possível de acontecer? A DROPS checou.


QUEM DISSE? O site Bem Estar, Treino Feminino, Viver bem – saúde e bem estar , Rede Jornal Contábil, GoOutside, entre outros.

QUANDO DISSE? 25/10/2018

O QUE DISSE? “Aos 50 anos, Jim McCants tomava cápsulas de chá verde para se manter saudável, mas acabou com uma grave lesão hepática.”


CONTEXTO

O consumo de chá verde foi amplamente difundido nos últimos anos devido a divulgação de suas possíveis propriedades benéficas, entre elas o controle da obesidade e de doenças como a diabetes, problemas cardiovasculares, câncer e problemas neurodegenerativos. No entanto, estes efeitos nunca tiveram comprovação científica.

Na incansável busca pela melhoria da saúde, consumidores do chá verde passaram a consumir o alimento não só através da ingestão de chás preparado da forma convencional, por infusão, mas também através de suplementos feitos com a planta, nos quais a concentração dos compostos ativos é muitas vezes maior.

No dia 25 de outubro deste ano o site do programa Bem Estar publicou um relato de caso de um americano de 50 anos que após consumir extrato de chá verde por 3 meses teria desenvolvido danos muito graves no fígado que o levaram a um transplante do orgão. Será que isto seria mesmo possível?

 

O QUE DIZ A CIÊNCIA

O uso do chá verde tem sido associado a muitos benefícios à saúde como prevenção de câncer, obesidade, diabetes e doenças neurodegenerativas e seu consumo é cada vez mais comum. As formas de consumo são a infusão das folhas do chá (Camellia sinensis) e também as cápsulas de extrato de chá verde. As cápsulas são muito mais concentradas, e seu registro não é permitido pela Anvisa, o que torna a sua venda proibida no Brasil.

Os especialistas concluíram que o consumo de infusão de chá verde é seguro para o homem até o limite máximo diário de 800 mg. O consumo de doses de 800 mg ou mais pode induzir um aumento significativo de transaminases séricas e causar dano hepático.

A ciência ainda não esclareceu totalmente o mecanismo de toxicidade do chá verde, mas sabe-se que a EGCG, presente no composto, é uma catequina tóxica para as células do fígado.

Apesar da notícia sobre o consumidor americando que teve falência hepática em função do consumo de chá verde ter gerado grande repercussão este fato não é novo. Conforme a equipe da DROPS checou, o potencial tóxico do chá verde ao fígado já foi amplamente investigado pelos cientistas e há diversos relatos como este, tanto no Brasil como em outros países.

Portanto, com base na ciência, classificamos como VERDADEIRA a afirmação de que a exposição diária ao extrato de chá verde altamente concentrado, por um período de 3 meses, pode estar associada à falência do fígado, como relatado na matéria do site Bem Estar.

 

Referências:

https://g1.globo.com/bemestar/noticia/2018/10/25/como-um-suplemento-alimentar-me-colocou-na-fila-do-transplante-de-figado.ghtml
https://www.treino-feminino.com/perigos-de-consumir-extrato-de-cha-verde/
https://www.gazetadopovo.com.br/viver-bem/saude-e-bem-estar/capsulas-de-cha-verde-levam-transplante-figado/
https://www.jornalcontabil.com.br/saude-suplemento-alimentar-de-cha-verde-me-colocou-na-fila-do-transplante/#.XAG7FVRKjIV
http://gooutside.com.br/suplemento-de-cha-verde-arruinou-figado/
https://efsa.onlinelibrary.wiley.com/doi/pdf/10.2903/j.efsa.2018.5239
Vigilância Sanitária/SC: https://slideplayer.com.br/slide/9038280/
http://portal.anvisa.gov.br/documents/3845226/0/An%C3%A1lise+contribui%C3%A7%C3%B5es_Ciclo+Discuss
%C3%A3o_Suplementos+Alimentares_04042018.pdf/96be0b1b-b51e-42c4-a922-1ca65c5cef03?version=1.0
http://portal.anvisa.gov.br/documents/33916/417403/IN+n+28%2C+de+2018/df781ca5-1024-4836-ab1e-8cd56fbd4789
COMPARTILHEShare on Facebook137Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someone

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

“Coma orgânico. É melhor para a sua saúde. No mundo atual esta ideia é repetida constantemente. Sem praguicidas e sem modificações ...

Já checamos a eficácia do bicarbonato de sódio para retirar possíveis resíduos de agrotóxicos de frutas e verduras. Mas e o iodo, será ...

Até outro dia a opinião pública dizia que uma taça de vinho tinto por dia era um hábito saudável. Mas parece que desde a publicação ...

O debate sobre o uso de agrotóxicos no Brasil se aqueceu com um projeto de lei colocado em votação no último mês. Nesse mês, a DROPS ...

Fale com o especialista

Envie a sua dúvida.
Ela será respondida por
um de nossos profissionais.