Uma
De

Droga usada para controlar ansiedade e insônia mata mais que cocaína e heroína

Notícias recentes afirmaram que os benzodiazepínicos “matam mais que cocaína e heroína”. Será? Drops conferiu!  Diazepam, alprazolam e clonazepam Estão entre os medicamentos psiquiátricos mais comumente prescritos no mundo. Esses medicamentos são parte de uma classe de ansiolíticos chamada de benzodiazepínicos (BDZs). Os BDZs atuam como calmantes e são utilizadas para tratar distúrbios de ansiedade e insônia. Geralmente são prescritas para uso a curto prazo, já que o uso prolongado pode causar dependência química. Diversos artigos, como por exemplo um publicado no portal Saúde iG, afirmaram que os benzodiazepínicos “matam mais que cocaína e heroína”. Será? A Drops conferiu!   QUEM DISSE? Saúde iG, Radio Globo, Exame, entre outros. O QUE DISSE? […]

A melatonina, conhecida como o hormônio do sono, pode fazer emagrecer?

A melatonina, também conhecida como o hormônio do sono, ganhou popularidade mundial por ser uma suposta “alternativa natural” para problemas do sono. A substância chegou ao Brasil em 2017 e pode ser comprada em farmácias de manipulação mediante apresentação de receita. Já nos EUA é vendida livremente nas prateleiras de farmácias e supermercados. Entretanto, há algum tempo o hormônio tem sido promovido não só como uma solução para quem sofre com problemas de sono, mas também para aqueles que desejam emagrecer. Segundo, uma reportagem da Revista Veja, “o composto poderá fazer parte do arsenal de combate à obesidade” e “pode fazer emagrecer”. Será que é verdade? A Drops investigou. QUEM DISSE? Revista […]

A vacina contra o diabetes foi oficialmente anunciada?

Nos últimos 10 anos o Brasil registrou um aumento de mais de 60% no número diabéticos[i] que já somam mais de 13 milhões de pessoas no país. Mas um texto que tem circulado pelas redes sociais com frequência anuncia que “a vacina contra o diabetes foi oficialmente anunciada”. Será que confere? Drops apurou.   QUEM DISSE? http://vacinadiabetes.com/  O QUE DISSE? “A vacina contra o diabetes foi anunciada oficialmente e o mundo inteiro está comemorando a notícia.” QUANDO DISSE? 25/01/2018 CHECAGEM: FALSO   CONTEXTO Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde, “a diabetes é uma doença crônica caracterizada por níveis elevados de glicose no sangue que, a longo prazo, pode causar sérios danos […]

Estudo afirma que refrigerante dietético triplica risco de AVC e demência

O brasileiro consumiu em 2016 uma média 70 litros de refrigerante (diet e tradicional) per capita.[1] Porém, há alguns meses atrás uma manchete do portal UOL [2]acendeu o sinal de alerta para estes consumidores: “Refrigerante dietético triplica risco de AVC e demência, segundo estudo”. A mesma notícia, com outros títulos, também foi publicada pelos sites da Época Negocios,[3] BBC Brasil,[4] Revista Veja,[5] portal G1,[6] entre outros. Drops checou os fatos e veja o que encontramos. Quem disse? UOL O que disse?  Refrigerante dietético triplica risco de AVC e demência, segundo estudo.[7] Quando disse? 21/04/2017 Checagem: INSUSTENTÁVEL   Contexto Adoçantes são sempre um tema controverso dentro do universo da alimentação e por isso […]

As 10 novas terapias alternativas do SUS são eficazes?

Esta semana o Ministério da Saúde brasileiro anunciou a incorporação de 10 novos procedimentos de saúde complementar oferecidos pelo SUS. De acordo com o governo, a oferta destas práticas é justificada por evidências científicas que comprovam seus benefícios à saúde dos pacientes. Mas, o Conselho Federal de Medicina discorda e diz que a ciência não comprova a eficácia destas terapias. O que realmente diz a ciência?  Será que ela comprova que estes procedimentos da medicina alternativa funcionam? Drops checou!   QUEM DISSE? Ministério da Saúde O QUE DISSE? Evidências científicas têm mostrado os benefícios do tratamento integrado entre medicina convencional e práticas integrativas e complementares QUANDO DISSE? 12/03/18 CHECAGEM: FALSO A Drops […]

Segundo especialistas, consumidor brasileiro não precisa se preocupar com arsênio no arroz

Segundo uma reportagem da BBC Brasil, a segurança do consumo de arroz está sendo questionada em alguns lugares do mundo. No Reino Unido, boa parte do arroz vem de Bangladesh, país que enfrenta uma grande crise de contaminação por arsênio. E quanto ao Brasil? A mesma reportagem afirma que o arroz brasileiro é seguro e não há motivos para preocupação com os níveis de arsênio. Será que podemos mesmo ficar tranquilos? Drops apurou. Quem disse? BBC Brasil O que disse?  “Segundo especialistas, consumidor brasileiro não precisa se preocupar com arsênio no arroz”1 Quando disse? 01/04/2017 Checagem: VERDADEIRO Drops concluiu que é VERDADEIRO dizer que o brasileiro não precisa se preocupar com intoxicação por […]

Fale com o especialista

Envie a sua dúvida.
Ela será respondida por
um de nossos profissionais.